Se temos amor, estamos salvos

O tempo todo passamos por dificuldades: financeiras, de saúde, nas amizades, no trabalho, nos relacionamos ou na família. A impressão é que quando acaba uma, começa a outra. E estamos sempre presos num emaranhado de problemas, que parecem sem solução.

Mas existe uma força que nos faz persistir em nossas lutas diárias. Algo que nos tira da cama e diz que precisamos seguir em frente, que não podemos nos entregar. Instinto de sobrevivência, diriam alguns. Outros apostariam em coragem.

Para mim, a explicação está em uma simples palavra de quatro letras: amor. Com ele e por ele somos capazes de nos manter firmes, de cabeça erguida, dispostos a seguir em frente por mais complicadas que pareçam as circunstâncias.

Quando amamos alguém, e somos amados, assumimos um compromisso com essa pessoa. Não podemos desistir diante das dificuldades, porque agora isso envolve outras pessoas que serão afetadas por nossas decisões. E mesmo que por nós mesmos a luta nem faça mais tanto sentido, precisamos sempre lembrar que existe o outro, e por esse outro somos capazes de tudo.

Como a raposa disse ao Pequeno Príncipe: “Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas. Tu és responsável pela tua rosa”.

Se temos amor, estamos salvos. É ele que não nos deixa cair.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *