Homens: tentem mudar minha mente

Meu pai sempre me disse o que fazer. Mesmo quando fingia me apoiar. Em escolhas que achava erradas.

No fim. Meu pai sempre me dizia o que fazer. Me fazia mudar de ideia. Me fazia mudar de ideia.

Pra ele minha mãe sempre era. Menos que qualquer moeda. Menos que qualquer moeda. Jogou na minha cara tudo de ruim dentro de si. E pisou no meu orgulho. Pisou no meu orgulho.

Pode haver explicações. Mas nada justifica, é, nada justifica. Minha vida tem tido homens errados. Mesmo quando homens bons. Sempre são errados.

Talvez eu seja a errada? Não é fácil mesmo ser quem eu sou. Tente um dia!

Amei um que quase me destruiu. Outro que me amou demais. Mas fez coisas que não aceito nunca mais. Nunca mais. Um terceiro veio como uma nuvem. E virou um raio. Virou um raio. Até agora eu não entendi.

Oh homens, nunca vou compreender. Oh homens, que jeito complexo de ser. Oh homens.

Não derramo mais nenhuma lágrima.

Tentem mudar minha mente hoje. Tentem mudar minha mente hoje.

(Quando uma mulher se revolta, dentro do corpo dela surge outra)

we can do it versao final

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *